O que é necessário para dar entrada em um financiamento imobiliário?

O que é necessário para dar entrada em um financiamento imobiliário?

7 de outubro de 2019 2 Por Compartilha Corretores

A realização da compra da casa própria é desejado por muitas pessoas hoje em dia.

Por isso trazemos pra você uma matéria especial sobre qual os passos para dar entrada no financiamento do seu futuro lar.

Verifique o seu CPF

O passo mais importante é a verificação do seu documento, se você for casado é importante que aconteça a verificação também do seu cônjuge, pois se algum dos dois possuir alguma restrição no nome o financiamento pode não ser aprovado.

Avalie seu perfil

Para não ficar decepcionado ou surpreso, é importante, antes mesmo de buscar financiamento, saber como o seu perfil será avaliado pelas instituições financeiras onde você pretende buscar crédito.

Além de ter que comprovar um salário compatível com as parcelas que deverão ser pagas ao longo dos anos, há muitos outros fatores. Entre eles, o score de crédito, que se refere a um tipo de pontuação.

Os pontos dependem dos seus hábitos de pagamento com o mercado de crédito. Essa informação pode ser consultada por você e pelo banco no site do Serasa. Já a avaliação do seu perfil leva em consideração diversas informações.

Entre elas, se você faz pagamentos em dia, se tinha dívidas e quando as quitou, etc. Para quem fornece o dinheiro para o seu imóvel isso é importante para certificar-se de que você vai pagar em dia as prestações.

Receba pagamentos na conta

Além de ter uma conta no banco onde você quer solicitar o financiamento do seu imóvel, é importante que nessa conta você receba os seus rendimentos. Com isso, o processo de requerer crédito se torna mais simples.

Isso porque fica mais fácil de comprovar os seus rendimentos. Nesse sentido, uma dica muito boa é ter a sua conta-salário nesse banco. E, caso você seja autônomo, pode fazer o mesmo, para receber os seus pagamentos na conta.

Isso é ainda mais necessário a quem não tem carteira assinada, uma vez que poderia ter maior dificuldade de comprovar os seus recebimentos de outra maneira.

Reúna a documentação

Mais um passo importante de como financiar o seu imóvel é reunir todos os documentos necessários. Saiba que se você não apresentar tudo o que é solicitado pela instituição bancária, as chances do financiamento ser negado são grandes.

Alguns dos documentos são:

  • Extratos bancários;
  • Holerites;
  • Comprovante de renda;
  • Declaração do Imposto de Renda.

No entanto, de acordo com o banco, pode haver outros. Por isso, verifique bem quais são todos eles e apenas os entregue quando tiver certeza de que conseguiu juntá-los.

Pesquise muito bem as opções

Também é essencial que você pesquise todas as opções existentes no momento de buscar financiamento. Existem bancos que podem ser mais vantajosos que outros, mesmo que não seja aquele no qual você tem conta.

Nesse caso, é possível abrir uma conta no banco mais favorável para pedir crédito e esperar algum tempo para realizar a solicitação. Assim, a instituição vai ter um histórico mais longo das suas movimentações financeiras, aceitando o seu pedido.

Abra o Cadastro Positivo

Mais uma dica que contribui para você saber como financiar o seu imóvel é fazer um Cadastro Positivo, em sites como o Serasa, sendo que funciona como um currículo financeiro, exibindo o seu histórico de contas.

Isso é possível porque, com a abertura do seu cadastro, são registradas todas as contas que você pagou ou deixou de pagar.

Se você deseja conseguir com mais facilidade o financiamento para um imóvel, faça o seu cadastro e espere algum tempo para buscar crédito. E, claro, pague todas as contas em dia. Assim, quem conceder o financiamento pode verificar como você é um cliente responsável.

Gostou da nossa matéria? Se possui alguma dúvida ou sugestão deixe nos comentários que teremos o prazer de te responder.

Nos siga nas mídias sociais

Facebook

YouTube